Cirurgias: plasticas, espirituais, cardiacas

Cirurgias: plasticas, espirituais, cardiacas

As cirurgias constituem um conjunto de técnicas invasivas com para fins de tratamento patológico e/ou estético.Os procedimentos cirúrgicos dividem-se em dois grandes grupos: pequeno porte e grande porte.As cirurgias de pequeno porte são aquelas cujo período de duração é menor que 1 hora e não afeta a função de órgãos fundamentais do corpo humano; já as cirurgias de grande porte são aquelas de longa duração e podem afetar o funcionamento de órgãos vitais.Tanto as cirurgias estéticas (ou plásticas) e as cardíacas podem ser tanto de pequeno quanto de grande porte.As cirurgias espirituais compreendem um grupo de procedimentos totalmente à parte da ciência, cujos resultados variam conforme a fé dos indivíduos que desejam se submeter a tal processo.Saiba um pouco mais sobre cirurgias plásticas, espirituais e cardíacas:

Cirurgias Plásticas

Cirurgias: plasticas, espirituais, cardiacas

Esta modalidade de procedimento pode ser altamente invasivo ou minimamente debilitante. As cirurgias plásticas são realizadas geralmente para fins estéticos. Podem ser classificadas de acordo com região do corpo, sendo: procedimentos na cabeça e pescoço, tronco, tórax, costas, membros superiores e inferiores.Atualmente os procedimentos estéticos mais procurados são àqueles que visam a redução de medidas e modelagem do corpo, como lipoaspiração, abdominoplastia entre outras. As cirurgias realizadas na face mais procuradas são: rinoplastia, blefaroplastia e enxertos labiais. Os procedimentos no tórax mais procurado no mundo é o implante de silicone; este tem sido adotado tanto por homens quanto por mulheres a fim de aumentar e modelar a mama.Já nos membros os mais procurados são procedimentos cirúrgicos para remoção e/ou minimização das varizes.

Cirurgias Espirituais

Cirurgias: plasticas, espirituais, cardiacas

Entende-se por cirurgias espirituais àquelas que um determinado espírito, conhecido também como iluminado, encorpora num ser tereno a fim de usá-lo para realizar procedimentos minimamente invasivos, numa alusão a cirurgias para reparo da saúde do ser humano.Este processo envolve primeiramente um sentimento profundo conhecido como fé. Inexplicável para a ciência, existem relatos comprovados de curas.Neste tipo de cirurgia são utilizados instrumentos comumente usados em centros cirúrgicos convencionais, estéreis; a diferença é a rapidez, agilidade e destreza do médium ao realizar pequenos corte ou inserções em orifícios do corpo sem nenhum tipo de fármaco anestésico.

Cirurgias Cardíacas

Cirurgias: plasticas, espirituais, cardiacas

As cirurgias cardíacas podem ser consideradas tanto de pequeno quanto de grande porte desde os avanços da tecnologia.Os cirurgiões podem ter acesso ao músculo cardíaco através de uma inserção no tórax do paciente, cerrando a cartilagem que une as costelas ao esterno e, com auxílio do retrator o cirurgião tem acesso livre ao coração para realizar os procedimentos necessários.Por outro lado, pode-se utilizar uma técnica conhecida como cineangiocoronariografia para ter acesso ao coração através da inserção de um cateter numa artéria calibrosa (axilar ou inguinal). Atualmente os cirurgiões preconizam a utilização desta técnica para os mais variados patologias, visto que minimiza o tempo de recuperação, infecções e complicações pós cirúrgicas.

Discussion

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.